Domingo, 16 de Agosto de 2009

A 7 dias de....

da net


sinto-me de ferias
música mamma mia
tags:

publicado por soprosdemar às 19:43 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 15 de Agosto de 2009

Finalmente restam poucas crostas deixadas pelas vesiculas da varicela. Ficaram algumas marcas, talvez para não me esquecer, que ainda acredito que irão desaparecer.

Mas o mais importante, e a finalidade deste post, é apregoar a todos os estendais que.... a roupa vai ficar de molho e a corar que é como quem diz: vou de FÉRIASSSSSSS E que felicidade irradia dos dedos enquanto digito esta noticia, apesar de um pequeno sabor amargo porque o programado seria hoje já estar a uns 550km de cá mas as vicissitudes laborais obrigaram a uma pequena mudança de planos e assim, fora do habitual, ontem comemorei o 5ºaniversário de casamento sem estar de férias! Mas enfim, foi na mesma agradável e romântico.

È já daqui a poucas horas que digo com muita alegria: adeus Portugal e até Setembro, que espero tarde a chegar.

Faço intenções de ir postando durante as férias, caso encontre wi-fi,  contudo deixo um cheirinho de 2 destinos já definidos- porque entre eles vai-se à descoberta e se estas férias forem uma clonagem do ano anterior, descobriremos alguns paraisos.

Como 3 semanas de mero descanso é uma seca, repartimos as mesmas por cultura e no término, inspira-se ao máximo a plenitude do descanso sob -espero - muito calor.

A cultura e conhecimento serão apreendidos aqui:

retirado da net 

O ócio será a aproveitar a energia deste paraíso, não só nesta:  

 

da net

 

ou esta:

da net

 

 ... mas de preferência passar por todas

 

Para mim e para todos os que ficam ou partem em busca de novas culturas apenas desejo umas férias inesquecíveis e muitoooooooooooo calor!

 


sinto-me sem pressas de regressar
música Pais tropical - Daniela Mercury

publicado por soprosdemar às 22:19 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11 de Agosto de 2009

da net

 

"Os trabalhadores da TAP vão propor quatro dias de greve em protesto contra a ausência de revisões salariais, dando como base para esta contestação os rendimentos dos dirigentes e os automóveis comprados este ano. (...) Mas os sindicatos levantam ainda outra questão, a aquisição de 42 novos automóveis para directores da TAP, dias depois da administração ter informado que não estavam reunidas as condições para uma revisão salarial."JN - 11.08.09

 

Gostei desta noticía!

Apesar de vivenciarmos uma era (ou moda?) de greves nos últimos 3 anos, iniciada e repetida pelo Sindicato dos Professores, é bom ler sobre outros queixosos.

Dirigir uma empresa não é de todo simples, rápido ou relaxante principalmente uma grande empresa. Concordo com hierarquias e distinções salariais entre elas: nem todos temos capacidade, coragem, motivação e dedicação para sermos directores ou donos de empresas. E todas estas, e muitas mais, características deverão ser recompensadas. Mas não se pode esquecer que os empregados têm rosto e olhos para verem e perceberem o que se passa e acontece nos órgãos sociais de uma empresa.

È incompreensivel para quem pede um aumento salarial obter como resposta a inexistência de condições para tal, mas surgirem do nada condições monetárias para mudar a frota de 30 ou 42 carros (que decerto não serão C2). Mas também, realizar uma greve numa instituição como o aeroporto e em plena época de férias, não é a melhor maneira. Quatro dias resultarão num prejuizo de milhões, milhões!!! Milhões que poderiam ser direccionados para o aumento salarial, por exemplo, entrar no cofre do estado com os impostos... além da péssima publicidade turística que este acto acarreta.

È complicado gerir empresas,  na minha opinião a designação correcta seria: é complicado gerir pessoas. Um dos principais motivos é o facto de a "galinha do vizinho ser sempre melhor que a nossa" e nem interessa saber porque isso acontece, basta que seja.

 

Reclamar é sempre uma cotonete, ou seja, tem sempre 2 lados para o mesmo pau: bom e mau para a mesma pessoa.

 

 

 


tags:

publicado por soprosdemar às 11:31 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

da net

 

Cada vez adoro - not - mais a sociedade que floresce neste país.

Num mundo repleto de flagelos a esperança reside em quem os habita, pelo menos assim deverá ser. Sempre defendi a Mulher como feminista que sou. Para mim a mulher é o melhor resultado e prova de que Deus existe (desculpem-me os homens): lutadoras, trabalhadoras, sociàveis, polivalentes, amigas, guerreiras, formosas, inteligentes, carinhosas e sobretudo deusas com o dom de gerar vida e de um amor maternal eterno e inexplicável. Mas o povo é bem mais sábio, e lá apregoa: "não há bela sem senão"; "toda a rosa tem espinho".

Estou estupefacta com a noticia revelada ontem nos órgãos de comunicação social: então há mães (penso que não é o adjectivo correcto de se empregar nesta situação) que desenvolveram comportamentos anti-sociais e sabendo que os próprios filhos têm gripe A, os levam para as creches, infantários e outros sitios publicos fechados para contaminar os envolventes???? Será que pensam estar a executar uma boa acção partilhando algo tão pessoal? Ou apenas, tal como milhões, estão infectadas com a crescente pandemia raiva-ódio? Independentemente da motivação que as move, há algo que não são decerto: MÂES!! Que verdadeira mãe, gosta de ver outras crianças doentes? Que verdadeira mãe é esta que retira os seus filhos do lar onde deverão repousar, apenas com o objectivo de satisfazer a sua "vingança social"? Será que o contacto com contaminados corroi os neurónios?

A estas pessoas deixo o meu recado: nunca deveriam ter sido mães nem mulheres.

E a todos os pseudo-adultos que estão na maré de semearem propositadamente o H1N1,quem sabe se num futuro próximo não colhem algo bem pior e letal???

 

 


sinto-me furiosa

publicado por soprosdemar às 10:38 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

Esta ausência não se deve, infelizmente, a férias quer dizer...a férias reais. O que acontece é que há quase 2 semanas estou encarcerada em casa porque aos 30 anos, apareceu-me nada mais, nada menos Varicela!!!!

Sim, Varicela. Nunca tive qualquer doença infantil apesar de no local onde tomavam conta de mim, ter andado ao colo com um miudo que teve de tudo, beber do seu biberao etc. Vaso ruim....

Esta doença chata que além de me obrigar a ficar em casa, algo que odeio profundamente, ainda me transformou num pequeno monstro repleta de borbulhas que ainda para mais incidiram bastante no rosto, pescoço e peito além do couro cabeludo, e algumas nos membros superiores, abdómen e virilhas.

E como não bastava, ainda tive direito a 39º febre, a dores no esófago e a uma amigdalite.

Até nem me aborreci muito ao principio, porque pensei que se tratasse de uma alergia ou reacção a algo que comi estragado. Mas nãooooooooooooooooo! Eis que no dia 28 Julho, mais pelas dores no esófago que pelas borbulhas lá me dirigi ao hospital e após me terem oferecido uma pulseira laranja lá obtive o diagnóstico: varicela! Toca a tirar 3 frascos de sangue (até acho piada a isto) e a levar com um pequeno saco de soro com adição medicamentosa (cujo nojento do enfermeiro se recusou a dizer o que era, mas lá descobri - antibioticos e paracetamol) durante quase 2h enquanto (des)esperava pelo resultado nas análises, para descobrirem o que se passava no esófago e pâncreas. Após o resultado das análises eis que nada explicava os meus enjoos e "apertos" na região abdominal, pelos vistos era uma reacção à varicela. O médico, estrangeiro, muito simpático lá recomendou "betadine para que esta bonita cara não fique com marcas". O certo é que vim carregada de anti-viricos, anti-pireticos e gastroresistentes! Enfim, em poucos dias tomei mais medicação que nos ultimos 29 anos.

Mas as más noticias continuaram: nada de sair de casa, trabalhar nem apanhar sol.

Aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii, que stress!

A sorte é que há muito a fazer para ajudar uma amiga com as suas apresentações e manuais, senão morria de stress sem fazer nada (outra coisa que odeio).

Bem, a varicela é uma versão mas em doença dos Transformers: as borbulhas lá incharam, dando origem a pápulas e estas por si só adquiriram liquido (vesiculas) que só esta semana resolveram transformar-se em crostas pretas - e meramente algumas. Raios, nunca mais desaparecem para poder sair desta gaiola.

Comichão deu pouca, mas quando tinha aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii era de enlouquecer!

Isto é o que dá ter a mania de ser diferente e não ter as doenças na altura certa.


sinto-me borbulhenta

publicado por soprosdemar às 18:14 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Escuto
EU
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Novos trapos

Compostela no Feminino II

Compostela no Feminino I

Gosto :)

Apenas...

Dia perfeito

Hoje

È oficial!

Plenitude

Saudades...

E mais nada!

Cesto roupa suja

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

Outros estendais
Escuto
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds