Quinta-feira, 06.05.10
da net

Apesar de ser profissional de saúde e ter recusado no ano passado a vacinação da gripe A, é importante destacar o aviso / apelo da Direcção Geral de Saúde lançado na semana passada até porque a partir deste mês, inumeros portugueses começam a gozar férias:

 

As pessoas que planeiem viajar para o hemisfério sul, nomeadamente para o Brasil, onde nesta altura é Outono e começou a aparecer uma segunda onda de gripe A (H1N1), devem ser vacinadas, recomenda a subdirectora-geral da Saúde, Graça Freitas.“Aconselhamos vivamente a vacinação de pessoas que vão viajar para o hemisfério sul, onde está a começar a segunda onda da epidemia, nomeadamente o Brasil”, disse aquela responsável à agência Lusa.

A responsável afirmou ainda que, em Portugal, a campanha de vacinação está “numa fase estacionária”, mas “será retomada no Outono”. “Até ao momento recebemos dois milhões de doses para o país e no Outono/Inverno vacinámos 700 mil pessoas. Gostava que a taxa (de vacinação) fosse mais elevada, mas na Primavera não há a tendência de as pessoas se vacinarem contra a gripe”, explicou a especialista.

Graça Freitas disse ainda ter “expectativas muito positivas” de que, “agora que passou muito do alarme contra a vacina, em Setembro as pessoas percebam que vão ter vantagens em vacinar-se”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A



publicado por soprosdemar às 00:45 | link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 11.08.09

da net

 

Cada vez adoro - not - mais a sociedade que floresce neste país.

Num mundo repleto de flagelos a esperança reside em quem os habita, pelo menos assim deverá ser. Sempre defendi a Mulher como feminista que sou. Para mim a mulher é o melhor resultado e prova de que Deus existe (desculpem-me os homens): lutadoras, trabalhadoras, sociàveis, polivalentes, amigas, guerreiras, formosas, inteligentes, carinhosas e sobretudo deusas com o dom de gerar vida e de um amor maternal eterno e inexplicável. Mas o povo é bem mais sábio, e lá apregoa: "não há bela sem senão"; "toda a rosa tem espinho".

Estou estupefacta com a noticia revelada ontem nos órgãos de comunicação social: então há mães (penso que não é o adjectivo correcto de se empregar nesta situação) que desenvolveram comportamentos anti-sociais e sabendo que os próprios filhos têm gripe A, os levam para as creches, infantários e outros sitios publicos fechados para contaminar os envolventes???? Será que pensam estar a executar uma boa acção partilhando algo tão pessoal? Ou apenas, tal como milhões, estão infectadas com a crescente pandemia raiva-ódio? Independentemente da motivação que as move, há algo que não são decerto: MÂES!! Que verdadeira mãe, gosta de ver outras crianças doentes? Que verdadeira mãe é esta que retira os seus filhos do lar onde deverão repousar, apenas com o objectivo de satisfazer a sua "vingança social"? Será que o contacto com contaminados corroi os neurónios?

A estas pessoas deixo o meu recado: nunca deveriam ter sido mães nem mulheres.

E a todos os pseudo-adultos que estão na maré de semearem propositadamente o H1N1,quem sabe se num futuro próximo não colhem algo bem pior e letal???

 

 


sinto-me furiosa

publicado por soprosdemar às 10:38 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Escuto
EU
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Novos trapos

H1N1 e Hemisfério Sul

Roupa social esburacada

Cesto roupa suja

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

Outros estendais
Escuto
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds