Segunda-feira, 17.05.10

Porque é que entrou na moda os rapazes usarem as calças por baixo do rabo? É de facto algo fora do normal e de facto algo de muito mau gosto! Andar com os boxers à mostra!
 

A VERDADEIRA HISTÓRIA

Esta tendência nasceu nas prisões dos Estados Unidos. Os reclusos que estavam receptivos a relações sexuais com outros homens tiveram que inventar um sinal que passasse despercebido aos guardas prisionais para não sofrerem consequências...
Por isso, quem usasse calças descaídas por baixo do rabo estava somente a mostrar que estava disposto a ter sexo anal com outros homens...
Look super cool!... eh eh eh...

  Quando a teoria se tornar pública, vão todos subir as calças......, ou não!!!!!!!!

da net

 


tags:

publicado por soprosdemar às 12:08 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 18.03.10

 

Podem chamar-me de retrógada, falta de gosto, cota, conservadora... o que quiserem mas não me digam que há decência e gosto no que relatarei. A percorrer uns blogs, vi um post que me despertou a atenção, porque o vivencio -infelizmente- semanalmente.

Além de outras coisas, sou formadora de miudos a graúdos, ou seja lido com pessoas dos 16-60 anos e apesar de gostar bastante desta diversidade, há factos que corroboram que muitas das cenas tristes que desfilam em praças públicas, são influências ou descontrole parental. Passo a explicar: vivemos numa era de profunda e excessiva liberdade, e como o que é demais enjoa, o mesmo se passa com esta moda justa e de cinta-descida. Se isoladamente, só fica bem a alguns corpos então conjuntamente em modelos mais desfavorecidos é simplesmente... um pavor.

Tenho inumeras formandas, mães de familia que para, talvez, recordarem a adolescência, vestem roupa de tamanhos menores aos reais, com feitios, texturas e cores modernas mas ridiculos na relação idade-corpo-conforto-saude. Ora vejamos, há uns tempos uma formanda de 39 anos, apresentou-se com umas calças de ganga tão justas que se tivesse comido leguminosas, talvez rebentassem com uma leve flatulência. Além disso, o tamanho não era o correcto para o seu corpo e como se não bastasse, eram de cinta descida, o que evidenciava os comprimidos pneus. Enquanto se deslocava para o seu lugar, não pude deixar de observar o ridiculo do seu caminhar, alterado do normal e natural, devido à compressão provocada pelas mesmas. Como se não bastasse, ao sentar-se, a minuscula cinta descida, desceu ainda mais revelando algo mais pavoroso, não pela peça em si, mas por tudo o resto: uma majestosa e subida cueca fio-dental vermelha arrendada, que ficava cerca de 10cm acima da cinta das calças. Tudo se via, e infelizmente a aula não era sobre os musculos gluteos.

O mais engraçado -ou não- é que esta exposição provocou uma risada na turma e mesmo a chamada de atenção de alguns colegas, mais sensiveis de visão mas não de expressão oral  impeliu a minha intervenção e chamada de atenção à protagonista. Só para completar a imagem: nesse dia trazia uma blusa desapertada no umbigo (talvez para se ver o piercing) e um colete de ganga de tal forma justissimo, que os peitorais apelavam por oxigénio.

Repito, todas as semanas há desfiles destes por senhoras que, na minha modesta opinião, deveriam ser o exemplo idóneo de como se apresentar na sociedade. Uma pessoa que se veste assim, procura que emprego no mercado de trabalho?

da net

 

Será que apenas eu acho isto nojento???


sinto-me
tags: ,

publicado por soprosdemar às 01:00 | link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Escuto
EU
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Novos trapos

Anti-moda

Trapos anti-moda

Cesto roupa suja

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

Outros estendais
Escuto
Visitas
blogs SAPO
subscrever feeds