Quinta-feira, 23 de Julho de 2009

 

Pois é… o nosso lar tem mais um habitante. A minha querida amigalhaça deve ter achado que a medalha dos intas e o baptismo de kitesurf não eram suficientes e resolveu presentear-me com um lindo peixinho Betta. Já tivemos 2 cá em casa que acabaram por ir para o mundo eterno, mas nenhum como este: mexido, curioso e simplesmente lindo com o seu contraste azul e vermelho. O nome dele??? Kite, amadrinhado pela amiga, justo não? ;)
da net
 Por curiosidade do seu nome, fiz uma pesquisa e verifiquei que estes originários da Tailândia devem o seu nome a uma tribo de índios cujos guerreiros eram denominados de "Bettahs". Assim já entendo porque é conhecido por " peixe-briga" devido ao carácter violento do Betta-macho na presença de outros no mesmo espaço. Mais, afinal não sou a única que gosto de saltar para o ar, pelos vistos estes peixitos não devem ter muita àgua no aquàrio para evitar que saltem para fora... peixoxuixida!!!
Apesar de não ser a melhor altura para um novo habitante, pela proximidade das férias, adorei esta prenda, até porque já não aguentava os gritos do aquàrio a apelar por novo inquilino e porque companhia é sempre boa, principalmente silenciosa e complacente.. tal como um homem deveria ser, lol.
Agora quero ver se a querida "madrinha" não irá fugir com o rabo à seringa em Agosto, quando for para servir de fish-sitter ao peixe enquanto eu e o maridão vamos de férias!
 

sinto-me maternal

publicado por soprosdemar às 23:52 | link do post | comentar | favorito

da netNão sei se já vos aconteceu, mas há dias em que não faço a minima do que vestir!

Ontem foi um desses, apenas porque as presianas revelaram um péssimo dia... e agora o que vestir e calçar? Bem, em menos de 1 min estava decidido e vestida, até porque só tinha 3 minutos para me calçar e chegar à paragem do metro.

Olhei ao espelho e não gostei muito, sou sincera, até porque as calças tinham voltado ao corpo bem como um casaco e sapatos fechados... ai que saudades das minis (mini-saias, entenda-se), das sandálias abertas e dos decotes sem quaisquer casacos a esconder. E antes de sair de casa, nada de esquecer do estético guarda-chuva.

Até aqui tudo bem, mas ao chegar ao hospital, eis que um simpático colega espanhol me diz: "oi n*, tens a certeza de que fizeste 30?eu sempre duvidei mas hoje tenho a certeza" e riu-se há medida que se afastava. Sinceramente não percebi, mas nem me preocupei. Queria era pousar o malfadado guarda-chuva que se virou umas 3 vezes pelo caminho e tentar secar-me.

Ao entrar na sala de aulas e após os bons dias habituais, os alunos iniciaram um ritual de "parabéns atrasados" e uns mais espertinhos "oh stora, tá com medo dos intas??não se preocupe, parece que tem 18!" e mais risos. Numa pequena pausa, o espanholito voltou a investir "tas uma verdadeira adolescente, quase colegial". Hum, alguma coisa se passava e de forma rápida porque não percebia nada. Mas enfim, a manhã terminou e só quando regressei a casa entendi tudo: a culpa era da roupa, sempre da roupa!

Já percebi pessoal: há que deixar as calças de montanhismo em casa, bem como os mocassins e nada de travessões na cabeça... de facto com uma mochila parecia uma adolescente! lol

Nunca mais visto a primeira coisa confortável que o armário me atira, até porque há uma série de reputações a defender: a de profissional de saude, "stora" e empresária!

Mas ainda assim não pude deixar de sorrir. Até porque nada passou de elogios: quem aos 30 poderá agradecer por parecer ter 18 apenas porque mudou de vestimenta???

 


sinto-me pequenina
música Fui ao jardim da Celeste lalala

publicado por soprosdemar às 10:57 | link do post | comentar | favorito

da net

Que raios!

Será que alguém me ajuda?? Estamos em Janeiro ou Julho?

Onde anda o Sol, o calor?

Quem autorizou esta chuva em pleno Julho? E o vento, saiu de onde?

Já que vivemos numa era em que todos processam todos, será que alguém conhece um advogado para instaurar um processo judicial a S.Pedro?! Ou há alguém que conhece a morada de S. PEdro para me dirigir e pedir o livro de reclamações?

Anda uma pessoa a suportar fisica e mentalmente o rigoroso Inverno, sempre com a esperança  que comenta com os seus botões "o Verão está mais próximo", e depois há conspirações e sabotagemmmmmmmmmm?

Já basta o boicote dos professores dos politécnicos ao futuro dos estudantes, não precisamos de mais!

Por todos os santos, santas e deuses, estamos no Verão: época de calor, sol, praia, roupas curtas e coloridas, sorrisos e mergulhos e não de chuva misturada com frio e vento. Vá S.Pedro, cada estação  no seu galho até porque nem todos pudemos passar férias nas Maldivas!

 


sinto-me chateada
música Trovoada, Milton Nascimento

publicado por soprosdemar às 10:31 | link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 20 de Julho de 2009

E com 24h de ter entrado nos intas eis que... não custou nada. Não é que estivesse à espera de dores, cabelos brancos, rugas etc. Apenas receava alguma nostalgia mas nada disso, o meu optimismo não deixa, digo eu, e outros afirmam que se deve à minha aparência o que não sei se será bom ou mau. Ainda na 4f passada, ao falar do aniversário, um colega de trabalho disse: "vais fazer quantos? uns 18? bem 18 não porque es licenciada, hum...25?" 18???Eu sei que sou pequenina, mas se não andar com mochila as costas passo bem por não andar numa escola lol. Nunca me atrapalhou a evolução da idade mas sim da forma como a vivemos. E eu vivo! Eu vivo, quand0 me permitem, tudo da forma mais intensa possivel. Há quem não entenda a importância de entrar nos 30, já "que é como entrar em qualquer idade". Pois, mas fui eu que entrei e como amante da vida, gosto de comemorar cada aniversário porque é sempre único. Fazer 30 foi como os 18: experiências diferentes para celebrar datas que sempre caracterizei como marcos na vida.

Aos 18 foi reunir os amigos todos no meu lugar de eleição: a praia! Divertimo-nos imenso, fizeram-me imensas partidas e recordo que tive de abrir uma caixa onde cabia, cheia de esferovite, para descobrir umas pincas cirurgicas, luvas, mascara,  (pois iria candidatar-me a Medicina), uma dentadura (por tar a ficar mais velha, lol) etc.

Antes dos 30, um outro marco  a assinalar foram os 25 anos, apenas por tratar-se do meu ultimo aniversário como solteira! A menos de um mês iria ser uma mulher casada!

Agora os 30 foram comemorados num dia de actividades radicais no Gerês, para 25 pessoas. Começamos com canoagem no Rio Caldo e lá fomos 6 numa mesmo caiaque a remar, ou tentar, até começarmos a tentar "encalhar" outros colegas, a dar-lhe uns empurrões de mudança de direcção :), a fazer lutas de "atirar agua com os remos" até aos membros dos proprios cayaks... (ao ler estas palavras, pergunto, mas era um aniversário com pessoas entre 27-38 anos ou com putos de 15??).

La continuamos nós, a usufruir da beleza do silêncio e da paisagem verdejante quando chegamos a uma pequena praia fluvial e aí a loucura total...toca a sair dos cayaks e a dar bons mergulhos...de colete e roupa vestida! Ao regressar, toca a fazer umas trocas e fui uma priveligiada pois vim em pleno centro do cayak sem fazer absolutamente nada, apenas a mandar remar e a cantarolar até breves momentos...ao ver um amigo, que quis ir  num sozinho, a ficar cansado, ofereci para trocar (naquele tipo de ofertas que esperamos ouvir um não) com ele e aceitou. Ora bem nada de dar parte fraca e toca a remar, só dependia de mim e o calor ainda era mais intenso com o aproximar das 12h. Mas la consegui, alias, ate me espantei quando ultrapassava os que tinham 12 braços a remar..afinal a cota até ta em forma :)

Mas o mais interessante é que ainda bem que troquei pois o cayak em que ia antes levou com muita àgua, pela passagem próxima de 2 motas de àgua e afundou-se lol lol. Eram so cabeças na àgua e pernas que tiveram de nadar até à costa!! Obrigada H***** por não aguentares remar sozito!

Bem, depois de um mega picnic nada como escalada debaixo de um Sol intenso e ver que afinal tenho de comer uns danoninhos porque mesmo toda esticada, não conseguia atingir algumas fendas para escalar:S Ao chegar ao topo foi tentar colocar o tornozelo no seu sitio e ver os joelhos arranhados...mas o slide compensou, apesar de não ter muita velocidade.

Mas para mim, o auge do dia foi quando desembrulhei a prenda do maridão. Finalmente, após andar a quase 5 anos a pedir... o meu salto tandem!!!! Sim, ando a pedinchar saltar de um avião.

da net

Será que perdeu a cabeça ou está à espera de ficar com a casa paga??? O certo é que não me parece muito convicto da sua decisão e aposto que estará mais nervoso que eu na altura :)

Mas não ficou por aqui: a minha amigalhaça - que tanto leva na cabeça - ofereceu-me o baptismo de kitesurf. Fantástico! A união perfeita entre ar e àgua :)

da net

Já so falta o bridgejumping, a carta de moto e depois um salto do avião em queda livre!!Será aos 40  ou 50???

 

A todos os que compareceram: colegas, amigos e familiares um muito obrigada. Aos que realizaram alguns dos meu sonhos apenas desejo a maior felicidade do mundo!

 

E agora venham é as férias a 2, porque isto de muita gente junta já me faz confusão..ai a idade!!!lol

 


sinto-me extasiada
música I believe I can fly

publicado por soprosdemar às 14:43 | link do post | comentar | favorito

Domingo, 19 de Julho de 2009

È hoje!

A contagem decrescente terminou...resta iniciar outra para a hora a que nasci lol.

da net

 

Era uma vez, há 30 anos atrás, nasceu quando bem quis, desfazendo os cálculos ultra cientificos dos médicos e pais, num dos dias mais quentes de 79, em pleno dia de greve dos médicos (sempre tive um óptimo sentido de oportunidade) uma menina que se revelaria muito sorridente, brincalhona e traquina.

 

Ao fim de 30 anos, muitos ainda utilizam essas palavras para me descreverem. Alguns mais chegados acrescentam que tenho pilhas Duracell, eu como amante da natureza prefiro a energia solar. O certo é que não páro muito e isto aliado à facilidade de mandar, coloco muito rapidamente, os que me rodeiam a movimentarem-se.

Como qualquer rosa, tenho espinhos...e muitos! O que mais me define - e até me orgulho (não deveria escrever isto) - é o ser razoavelmente muito TEIMOSA. Já o era antes de nascer, quando desafiei todas as contas matemáticas; fui quando nasci roxa -cianótica - devido ao pouco oxigénio; fui quando me diagnosticaram uma patologia e desfizeram a esperança de meus pais ao lhes comunicarem que não teria muito tempo de vida; fui quando decidi que queria ser uma verdadeira doutora e não apenas qualquer uma que usa DR sem sequer ser licenciado em àreas da Medicina ou ter um doutoramento; fui quando fiz más escolhas e sou sempre que acredito em algo, alguém e em mim.

Outro é dar sempre a minha opinião. Sempre me habituei que não sou transparente, e se existo e ouço os outros, estes também  poderão ouvir o que sinto e penso.

Adoro ser diferente não por moda ou apetites mas sempre que faço um retrospectiva, verifico que sempre o fui. Não acho a minima piada em seguir modas ou tendências, talvez pela influência de meus pais que sempre me aconselharam a ser EU. Mas esta atitude não se reflecte apenas no vestir, pentear etc mas sim nas ideias, pensamentos, pilares de uma personalidade. Se há quem diga que tem de ver para crer, eu respondo: então porque não crer para ver?!

Há quem diga que sou inflexivel...talvez, mas alio isto à teimosia. Outros criticam-me pela "maneira que vejo o mundo": umas vezes simplifico demais outras sou ingénua. Tudo isto porque defendo os fracos e oprimidos da sociedade? Tudo isto porque aceito credos, raças, preferencias sexuais? Tudo isto porque acredito que não devemos ter todos o mesmo rótulo só porque pertencemos à mesma caixa?

Há quem me apelide de stressada. E sou! Não amo o stress, mas confesso que sinto falta dele nas férias. Sou tipo uma mulher-polvo: sem qualquer problema em executar ao mesmo tempo multiplas tarefas e detesto deixar para amanha o que podia fazer neste preciso momento. Sou exigente, aliás muito exigente comigo e com os outros. Se dou 100% de mim, exijo 100% aos outros até porque não acredito em limitações mas sim em motivações "a necessidade aguça o engenho" e se não damos 100% é porque não precisamos!

 

Enfim..esta é um pouco de mim. Caracteristicas que me acompanham e algumas delas espero que nunca me abandonem. Se alguém me questionar: sou uma verdadeira criança - de sorriso genuino, amor e amizade sinceros, obstinada e teimosa, que adora rir e pregar partidas mas sobretudo que gosta de si, da VIDA e da luz que transmite. (frase que poderá ir na minha lápide)

 

Parabéns a mim pelos 30 anos que surgiram na altura devida e são aceites com serenidade. Agora há que pedir 3 desejos e trincar o c* da vela!!

 

 

 


sinto-me trintona e bela
música Parabéns a voce
tags: ,

publicado por soprosdemar às 13:30 | link do post | comentar | favorito

Sábado, 18 de Julho de 2009

da net

 

Repito-me: não sei se é dos quasiiiiiiiiii 30 ou não, mas ando a reflectir em algumas coisas e ainda muito mais observadora.

Há algo que me repele, que me faz pegar em toda a roupa encharcada e dar com ela nas pessoas (normalmente não sou muito violenta mas convém protegerem-se lol). Detesto, para não dizer já que ODEIO (seria uma palavra muito forte para o 2º post), as pessoas que se lamuriam dia-a-dia ou várias vezes ao longo do mesmo dia, como se tratasse de um medicamento que se deva repetir!

Não tenho qualquer paciência para escutar como a vida de alguém é triste e/ou miserável(quando não é), que se tivessem isto ou aquilo seriam mais felizes, que não têm sorte nenhuma na vida e fulano ou sicrano têm tudo sem merecer, etcetc

È certo que todos nós, de vez em quando, passamos por esse mesmo estendal, mas já repararam que há quem viva sempre assim, como se pertencesse à sobremesa ou jantar do seu dia?? Ou será que sou apenas eu que atraio estas pessoas?

E eu, como frequentadora habitual do metro, ouço isto no minimo 2x/dia...ai quem me dera puder libertar tudo o que borbulha no meu interior. Mas sou egoista e gosto de mim o suficiente para evitar ouvir uns bons insultos ou ainda me chegarem "a roupa ao pêlo" :)

Vive-se obcecado com o que os media nos transmitem, mas será que esqueçem logo de seguida o mundo em que milhares de pessoas, de CRIANÇAS vivem? Sem uma simples migalha, uma gota de àgua potàvel?

"Com o mal dos outros posso eu bem." - ora aqui está outra resposta que abolia do planeta. E com o seu bem, porque não se sente feliz? Porque não agradece pelo que tem?

Lutar, trabalhar por mais na vida ora para satisfação pessoal ora por necessidade, deveria ser motivo de orgulho e não de lamúrias!

 

Dizer sim à vida, é desde já aceitar a que temos o que não nos impede de querer algo mais...Dizer sim à vida é aceitar as nossas conquistas mesmo que já tenhamos outras na ideia. È fazer hoje para atingir amanhã mas não esquecendo a benção do ontem!

 


sinto-me A viver a vida
tags:

publicado por soprosdemar às 00:20 | link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Sexta-feira, 17 de Julho de 2009

imagem da net

 

Há muito tempo que sentia a necessidade de criar um outro blog... não que já desaprecie o primeiro que construi, só que precisava de  libertar a roupa velha do dia-a-dia, como um desabafo ou lamúria ou partilha de um sorriso. O outro mantém-se para os sopros mais profundos e este para os mais banais.

E porquê esta data??? Será mera coincidência ou o subconsciente a implorar por soltar pensamentos, frustações, angustias, desejos?? Ou meramente por estar a 2 dias de entrar nos 30 e precisar de um renascimento?

Pois bem, não sei e nem preciso de saber apenas de aceitar este desejo e iniciar um novo caminho, a par ou na diagonal com os 30 o que interessa?

E por falar nisso, e muitas pessoas acharem estranho ( eu sou uma pessoa estranha com ideias ainda mais bizarras, mas com muitas ideias...uma perfeita idiota - a quem se ri ver no dicionário o significado desta palavra ) não sinto qualquer nostalgia por deixar a casa dos 20 nem qualquer tristeza. Aliás adoro fazer anos, desde que me recordo, e para desespero de quem me rodeia, inicio a contagem decrescente desde o incio do mês até ao dia X. Mas esta viragem merece um destaque e já que calha mesmo bem a um Domingo, nada como reunir o pessoal de quem se gosta e tentar matá-lo numas actividades ditas radicais - que no meu entender são mais para crianças mas tudo bem. Onde anda o pêndulo, um salto de paraquedas (que peço há anos), fazer bridgejumping ou um slide deitado que dá a sensação que vamos dar com a cabeça nas rochas???

Resta fazer canoagem, slide (:)), rappel e escalada....buédaaaaaaaaaaaaa radical

Bem, mas o que quero realmente é um dia que revele como sou: um dia divertido, com muitos risos e gargalhadas, muita musica brasileira e indiana (Jay Hooooo), muita dança e brincadeiras...Enfim, que se divirtam e sobretudo que sejam e se sintam felizes.

 

A todos os que estarão presentes fisica e mentalmente um muito obrigado pela paciência e coragem de me aturarem!

 

A todos os que entram nos intas...sejam bem vindos!!!

A todas as que entram nos intas...sejam bem vindas e não se esqueçam que as mulheres de 30 são as mais desejadas e sensuais!

 

A todos os que lerem os trapos velhos ou a roupa suja que cá vou escrevendo. ..espero que voltem e partilhem o vosso estendal.

 

Uma vida magnifica para todos, porque so depende de cada um!!!

2, 1, .... 30 anos a chegaremmmmmmmmm. Espero que sejam mais 30 anos de alegria!!

 


sinto-me deliciosamente sexy
música Pretty woman

publicado por soprosdemar às 23:06 | link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

EU
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


Novos trapos

Compostela no Feminino II

Compostela no Feminino I

Gosto :)

Apenas...

Dia perfeito

Hoje

È oficial!

Plenitude

Saudades...

E mais nada!

Cesto roupa suja

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

tags

todas as tags

Outros estendais
blogs SAPO
subscrever feeds